quinta-feira, 3 de julho de 2014

Resenha de Perdão, Leonard Peacock


Oi oi meus anjos,hoje vim falar sobre livro Perdão, Leonard Peacock de um dos meus queridinhos como escritor  Matthew Quick ,o livro prende o leitor a partir da primeira pagina, ele é narrado em primeira pessoa, assim fazendo você entrar na mente de Leonard que nos mostra seus conflitos e pensamentos insanos.
O livro se desenvolve em torno de 24 horas, quando Leonard completa seus dezoito anos e qual tem a pretensão de matar seu ex-melhor amigo e em seguida se suicidar com uma P-38 nazista que foi de seu avô, mas antes de completar seu plano ele pretende entregar presentes para algumas pessoas que são importantes na sua vida.O livro mostra que Traumas levam a atos com consequências, vemos que Leonard sofreu com a ausência de seus pais,mostrando que tal atos geraram a insanidade na mente Leonard,durante boa parte do livro mesmo com a intensão de cometer tal atos o personagem grita em seu anterior para salvarem do abismo que esta em sua mente.O livro traz grande criticas sobre a família,religião,fazendo assim o leitor, questionar sobre oque realmente vale a pena?
A escrita de  Matthew Quick traz um grande dom do escritor de emocionar e fazer com que os leitores se identifiquem com o personagem e que tenham esperança com ele.Quick aborda um assunto já abordado anteriormente na literatura,e ele nos apresenta isso de uma forma envolvente e fantástica, Vemos que Leo não é um menino revoltado sim uma pessoa normal qual passou por grandes traumas.
Tive grande admiração por Leonard ,tanto por ser uma pessoa inteligente, sensível e atencioso e como ele visualiza as pessoas.Quick faz com que o leitor tenha raiva dos pais de Leo,pois podemos ver eles como pessoas cegas incapazes de ver o que esta acontecendo com seu filho, fazendo assim você sentir no lugar de Leonard,o fechamento do livro é sensacional como o livro todo, fazendo assim o leitor sentir a historia como um grande tapa na cara.